29 Outubro 2019
0
0
0
s2sdefault
 
O aluno Marcos David de Souza, no clima do tema do livro (Foto: Luiz Moura)

Marcos David de Sousa do Vale, aluno do 6º ano, lança seu primeiro livro, A Era dos Vampiros, com uma manhã de autógrafos na Sala de Leitura Cecília Meireles, na E.M. Marechal Mascarenhas de Moraes, no Caju (1ª CRE), onde estuda. O evento acontece em 31 de outubro, data em que é comemorado o Dia das Bruxas, quando também haverá um “coquetel vampiresco” na unidade, à tarde. O estudante também foi convidado para lançar seu livro no LER – Festival do Leitor, que acontece na Biblioteca Parque Estadual e no Campo de Santana, no Centro.

“O livro conta a história de um garoto de aproximadamente 20 anos, que acaba se envolvendo com vampiros. É uma aventura. Comecei a escrever em maio e a parte mais difícil foi pensar no final, porque eu não tinha muita ideia. Mas, aí, pesquisei um pouco mais sobre como fazer e consegui”, explica o menino, que pensa em escrever outros livros, de temáticas variadas. “Já comecei um romance”, adianta.

Aos 12 anos, Marcos David é frequentador assíduo da Sala de Leitura e um dos maiores leitores da escola, chegando a indicar obras aos colegas.  O estudante gosta de pesquisar sobre mitologia e histórias de terror e, incentivado pela professora regente da Sala de Leitura Cassiana Pereira Vidal e pelo inspetor Eliel Barberino, que também é escritor, começou a escrever suas histórias em um caderno e, depois, no computador de Eliel, no espaço da Sala de Leitura.

Quando terminou a escrita do que se tornaria seu primeiro livro, o estudante conseguiu estruturá-lo com a ajuda da equipe da escola. Cassiana fez uma leitura conjunta para ajustar alguns detalhes, as professoras Carmen Cruz Pinto Corrêa e Jéssica Tavares Pereira Moreira fizeram a revisão, Eliel fez a diagramação e conseguiu uma gráfica em para montar o livro e, assim, realizar o sonho do menino.

Funcionários da escola, amigos, familiares e parceiros das Salas de Leitura da 1ª CRE e de outras unidades também apoiaram, encomendando o livro do aluno, que já recebeu convites para se apresentar em escolas dos municípios de Niterói e Sapucaia, a fim de incentivar outros estudantes a escrever.

“Foram encomendados 100 livros, dos quais 75 já foram vendidos para custear o lançamento. Trata-se do primeiro livro feito por um aluno da escola e na escola, já que, por não possuir computador, o aluno usou o de Eliel”, conta a professora Cassiana.

“Conversamos bastante sobre mitologia, um tema de que nós dois gostamos muitos, e quando ele soube que eu já havia publicado um livro, se interessou ainda mais. Sugeri que ele colocasse as ideias no papel e disse que o ajudaria a publicar”, diz Eliel, autor de Uma Breve História de Zumbis, publicado de modo independente.

Mídias Relacionadas
Relacionados
Mais Recentes