28 Setembro 2018
0
0
0
s2sdefault
 

A E.M. Professor Carneiro Felipe (5ª CRE), em Marechal Hermes, na Zona Norte, atende adolescentes do 6º ao 9º ano. Além do currículo básico, oferece aos estudantes oito disciplinas eletivas: Jornal, Futsal Feminino, Violão, Dança, Cineclube, Espanhol e Oficina de Mural. “É uma forma de os alunos se sentirem compreendidos e bem-sucedidos. Os talentos podem aflorar de várias maneiras. Isso faz com que gostem de vir à escola e cuidem bem dela”, conta a diretora Márcia Macedo.

Thiago Xavier é agente educador, mas em vez de ser um inspetor à moda antiga, se aproxima dos alunos e desenvolve, além de suas funções regulares, atividade voluntária na disciplina eletiva de Jornal, em conjunto com a professora de Língua Portuguesa, Vanessa Ribeiro. “Ser voluntário, para mim, é um presente porque sei que os estudantes são multiplicadores e passam para suas famílias e amigos ideias como o valor dos direitos humanos e da não violência. Planto sementes para o bem”, explica Thiago.

A eletiva de Jornal é um sucesso na escola. Não apenas devido à maior parte dos alunos envolvidos nela obter conceito “B” (Bom) nas disciplinas curriculares, mas também porque, a partir dela, houve a mobilização de todos os estudantes, assim como de professores e funcionários, em busca de mais consciência sobre o que é o bullying, que pode levar à depressão e ao suicídio em casos extremos, e como superá-lo. “Produzir o jornal faz com que os alunos desenvolvam o senso crítico”, avalia Vanessa Ribeiro, que é responsável pela disciplina eletiva.

O jornal feito na eletiva é o CF News, que tem edição bimestral e já abordou temas como a violência contra a mulher e o bullying. A disciplina ocupa dois tempos semanais e envolve 20 alunos. A cada edição, a turma se reúne e o tema é apresentado em uma mesa-redonda, na qual os alunos falam sobre suas experiências e impressões. Nas aulas seguintes, assistem a algum filme ou produto similar que aborde a questão, e um especialista é convidado para conversar. Sobre violência contra a mulher, a convidada foi a doutora em Educação pela PUC e professora do IFRJ Janaína Corenza; sobre o bullying, Márcia Nascimento, coordenadora pedagógica da escola. Os alunos também pesquisam, redigem e participam do layout da publicação no computador. Há um coquetel de lançamento na Sala de Leitura e o CF News é afixado no corredor. Para a última edição do jornal, a turma produziu também um vídeo, que está no YouTube.

A partir do trabalho para a edição sobre bullying, os alunos Sérgio D’luka e Kayky Ribeiro tiveram a ideia de promover na escola o Dia B: uma ação contra o bullying, que aconteceu em 22 de agosto e teve inúmeras atividades, desde depoimentos dos professores, contando seus traumas e superações, passando por confecção de cartazes com dicas para uma melhor convivência, até palestras de conscientização e empoderamento feminino com a Casa das Pretas, um coletivo aberto às mulheres que queiram trocar experiências e aprender como tratar de seus cabelos para que fiquem com saúde e beleza, dispensando alisamentos químicos. A jornada terminou com um show de rock’n’roll e dança.

Leia a edição do CF News sobre bullying que deu origem à ação.

Relacionados
Mais Recentes