ACESSIBILIDADE:
Acessibilidade: Aumentar Fonte Acessibilidade: Retornar Fonte ao Tamanho Original Acessibilidade: Diminuir Fonte
Ícone do YouTube Ícone do Facebook Ícone do Instagram Ícone do Twitter Ícone do Tik Tok
Ícone Sanduíche para Navegação
Logotipo do Projeto Cartografias de Boas Práticas da Rede Navegue pelo mapa e conheça as diferentes ações escritas e promovidas por profissionais de toda a nossa Rede.
Logo Cartografias
Boas Práticas
Apoio Interdisciplinar do NIAP/PROINAPE
Conversando com alunos da turma 1801
Informações
Relato
Resultados Observados
UNIDADE DE ENSINO
EM José Piquet Carneiro - 8ª CRE
Estrada Porto Nacional S/n.º - Bangu
UNIDADE ESCOLAR VOCACIONADA
Unidade não vocacionada
AUTOR(ES)
Ana Alice Sacramento da Silva e Cynthia Boechat Chiste Gonzaga
Ana Alice é graduada em Seviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no ano de 1999. É Assistente Social da SME desde 2008 e atua no Programa Interdisciplinar de Apoio às Escolas - PROINAPE /NIAP.
Cynthia é graduada em Seviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no ano de 2001. É Assistente Social da SME desde 2009 e atua no Programa Interdisciplinar de Apoio às Escolas - PROINAPE /NIAP.
CARGO/FUNÇÃO DO AUTOR
Assistentes Sociais
ANOS/GRUPAMENTOS ENVOLVIDOS
8º ano
OBJETIVOS

A proposta de trabalho “Conversando com Alunos” buscou criar um espaço de fala, de escuta, de reflexão, de debates e de troca sobre questões fundamentais envolvendo temáticas da juventude/ adolescência e que perpassam o campo da educação.

A consolidação desse projeto foi baseada em uma metodologia de rodas de conversa voltada para a ampliação da autonomia e fortalecimento dos sujeitos, a partir da construção de conhecimentos.

A finalidade principal do trabalho era fomentar o protagonismo juvenil e fortalecer o vínculo aluno e escola.

PERÍODO DE REALIZAÇÃO
Fevereiro/2022 até Novembro/2022

A equipe trabalhou com a metodologia de rodas de conversa, realizando encontros semanais

com média de 20 alunos por grupo.

Acreditamos que o espaço da roda de conversa possibilitou aos alunos se perceberem como condutores de sua ação e da sua própria possibilidade de “ser mais”, promovendo a autoestima e as potencialidades, fortalecendo, assim, o pertencimento ao espaço escolar.

Para as Rodas de Conversa utilizamos textos, músicas, murais, vídeos e dinâmicas, a fim de promover o interesse, motivar a participação e facilitar a produção de conhecimentos coletivos e contextualizados, privilegiando a fala crítica e a escuta sensível, de forma lúdica.

Os alunos tiveram uma boa participação nos encontros, apesar da resistência de alguns em realizar as atividades, pois isso os fazia refletir, demonstrando dificuldade nesse exercício. Entretanto, acreditamos que as temáticas trazidas e discutidas serão aproveitadas por eles tanto na relação entre pares, no espaço escolar, quanto na vida social.

Possibilitar esse espaço foi uma estratégia fundamental.

Referências Bibliográficas
Rodas de conversa – Limites e Potencialidades das rodas de conversa no cuidado em saúde: uma experiência com jovens no sertão Pernambucano.
Registros
Envie sua mensagem
E aí, professor(a)?

Gostou dessa ação, tem alguma sugestão ou quer tirar alguma dúvida com este(a) professor(a)? Mande uma mensagem para ele(a) aqui. As Cartografias também consistem neste espaço de trocas e compartilhamentos do que se produz na Rede Municipal de Educação carioca.