ACESSIBILIDADE:
Acessibilidade: Aumentar Fonte Acessibilidade: Retornar Fonte ao Tamanho Original Acessibilidade: Diminuir Fonte
Ícone do YouTube Ícone do Facebook Ícone do Instagram Ícone do Twitter Ícone do Tik Tok
Ícone Sanduíche para Navegação
Logotipo do Projeto Cartografias de Boas Práticas da Rede Navegue pelo mapa e conheça as diferentes ações escritas e promovidas por profissionais de toda a nossa Rede.
Logo Cartografias
Boas Práticas
Apoio Interdisciplinar do NIAP/PROINAPE
Voz e Vínculo: Reflexão sobre o Autocuidado nas relações entre os alunos de uma turma de 9º ano.
Informações
Relato
Resultados Observados
UNIDADE DE ENSINO
EM Estado da Guanabara - 3ª CRE
Rua Lourenço Ribeiro 31 - Higienópolis
UNIDADE ESCOLAR VOCACIONADA
Unidade não vocacionada
AUTOR(ES)
Cybele Cardillo Guisolphe – Assistente Social Ivone de Almeida Morais Moreira – Assistente Social Shirley Edwirgens Lima Sousa – Assistente Social
Profissionais graduadas em Serviço Social, lotadas desde 2008 na SME/NIAP atuando no Proinape da terceira Coordenadoria de Educação.
CARGO/FUNÇÃO DO AUTOR
Assistentes Sociais
ANOS/GRUPAMENTOS ENVOLVIDOS
9º ano
OBJETIVOS
Promover uma discussão/ reflexão sobre a importância do cuidado nas interações, entre os alunos, na escola e nas relações na comunidade.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO
Março/2022 até Setembro/2022
Através de atividades em grupos com os alunos da turma 1902, no formato de Roda de Conversa, abordamos as seguintes temáticas: “Maneiras de lidar com Conflitos: Construindo soluções através do diálogo”; “ Conversando sobre bullying” e “Autocuidado : Ser Adolescente e Jovem que se cuida” .A turma foi dividida em dois grupos, que participou da atividade quinzenalmente, atingindo sua totalidade. Através do recurso do Canva, construímos o material onde cada tema foi apresentado aos alunos de forma a promover uma discussão/ reflexão sobre a importância do cuidado nas interações, entre eles, na escola e nas relações na comunidade. Voz e Vínculo no sentido de trabalhar a participação, em grupo, de forma a se sentirem parte da escola, possibilitando expressarem suas opiniões de maneira a reforçar conexões positivas, contribuindo, de certa forma, para ampliar os modos como lidam com as dificuldades que aparecem no dia-a-dia.
As ações realizadas possibilitaram aos alunos refletirem sobre seus modos de interagir com seus pares, na escola e na comunidade. Também os fez pensar, nos desafios e nas saídas que encontravam para lidar com as dificuldades individuais, acreditando que sempre é possível mudar algumas atitudes. Pequenas que sejam essas mudanças, elas fazem muita diferença nas relações que esses adolescentes estabelecem na escola. Percebemos que as atividades realizadas no formato de Rodas de Conversas, favoreceram que os alunos se sentissem mais livres para compartilhar suas experiências de autocuidado no espaço escolar. Essa ação foi reconhecida pelos alunos e pelos professores da turma, como um espaço de troca, de socialização e lugar do exercício de cidadania.
Referências Bibliográficas
UNICEF Brasil e parceiros. “Guia de Autocuidado: Ser adolescente e Jovem que se cuida”. Novembro 2020.
Registros
Envie sua mensagem
E aí, professor(a)?

Gostou dessa ação, tem alguma sugestão ou quer tirar alguma dúvida com este(a) professor(a)? Mande uma mensagem para ele(a) aqui. As Cartografias também consistem neste espaço de trocas e compartilhamentos do que se produz na Rede Municipal de Educação carioca.