ACESSIBILIDADE:
Acessibilidade: Aumentar Fonte Acessibilidade: Retornar Fonte ao Tamanho Original Acessibilidade: Diminuir Fonte
Ícone do YouTube Ícone do Facebook Ícone do Instagram Ícone do Twitter Ícone do Tik Tok
Ícone Sanduíche para Navegação
Logotipo do Projeto Cartografias de Boas Práticas da Rede Navegue pelo mapa e conheça as diferentes ações escritas e promovidas por profissionais de toda a nossa Rede.
Boas Práticas
Apoio Interdisciplinar do NIAP/PROINAPE
‘Daqui pra lá’ Elaboração de atividades entre pares para resolução de conflitos
Informações
Relato
Resultados Observados
UNIDADE DE ENSINO
EM Professor Joaquim da Costa Ribeiro - 8ª CRE
Estrada da Cancela Preta 1791 - Realengo
UNIDADE ESCOLAR VOCACIONADA
Unidade não vocacionada
AUTOR(ES)
TATIANE ASSUMPÇÃO
Professora do Programa Interdisciplinar de apoio às Unidades Escolares (PROINAPE) pela SME - RJ e Orientadora Educacional do Colégio Estadual Bangu pela SEEDUC-RJ. Mestranda em relações Étnico raciais pelo CEFET, com pesquisa voltada aos processos educacionais antirracistas e aplicabilidade da lei 10639 nas redes públicas básicas de ensino. Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro bacharel e licenciada (2011), graduada em Matemática pelo Instituto Superior de Educação Ibituruna (2017) e graduada em Pedagogia pela Universidade São Judas Tadeu (2022). Especialista em Gênero e Sexualidade (IMS-UERJ) , especialista em Orientação Educacional (IFHT-UERJ).

CARGO/FUNÇÃO DO AUTOR
Professora
ANOS/GRUPAMENTOS ENVOLVIDOS
8º ano
9º ano
OBJETIVOS

Acompanhamento da Unidade Escola pelo ROINAPE NIAP SME. Em visita a unidade escolar para atendimento de casos individuais, percebeu-se um crescente caso de meninas em ‘brigas agendadas’ ao fim do expediente escolar, a maioria delas protagonizada pelo 8º ano, conforme relato da direção e professores e também das alunas atendidas. Assim, para que houvesse uma repercussão maior do trabalho realizado, foi realizado um planejamento de encontros com alunas do 8º ano, tanto as que antes protagonizaram alguns

conflitos como outras, conhecidamente como influências positivas no grupo. Com todo apoio da direção, houve a disponibilização de uma sala e recursos digitais como materiais no desenvolvimento das atividades.

PERÍODO DE REALIZAÇÃO
Maio/2022 até Junho/2022
Através de rodas de conversa, as temáticas, convivência, resolução de conflitos, empatia e quaisquer outros temas que se apresentaram como demandas do grupo foram abordadas. A roda de conversa é uma metodologia que permite o desenvolvimento do protagonismo e ao mesmo tempo permite uma mediação guiada, sempre gerando uma reflexão crítica do que é abordado. Foi solicitada às alunas a atividade do contrato de convivência em suas salas e o mesmo não teve efeitos positivos, ao refletir sobre o insucesso da atividade as alunas alegaram “a gente não sabe nem da gente, como é que vai viver com o outro” (R – 8º ANO). Assim o primeiro tema desenvolvido foi o autoconhecimento. Onde, para falar de si, as alunas fizeram a construção doe um acróstico com seus nomes, com a temática “eu”. E todos demais encontros sempre definidos pelo grupo, estimulando a autonomia, resolução de conflitos e sensação de pertencimento.

De acordo com o relato das alunas participantes e da Direção Adjunta que acompanha o projeto, houve uma melhora significativa nos conflitos relatados anteriormente. O grupo já pensa em manter atividades ano que vem quando estará na série de terminalidade que é o 9º ano, independente da atuação do PROINAPE na unidade escolar, sendo essa decisão, uma prova concreta que a autonomia foi desenvolvida de alguma forma com o grupo.

Referências Bibliográficas

Freire P. Educação como prática da liberdade. São Paulo: Paz e Terra; 2002.

Freire P. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 2003.

Sampaio J, Santos GC, Agostini M, Salvador AS. Límites y potencialidades de las rondas de conversación acerca del cuidado de la salud: análisis de una experiencia con los jóvenes en el interior de Pernambuco, Brasil. Interface (Botucatu). 2014; 18(supl):1299-1312

Registros
IMAGENS
Acróstico do nome - Identidade e pertencimento
Envie sua mensagem
E aí, professor(a)?

Gostou dessa ação, tem alguma sugestão ou quer tirar alguma dúvida com este(a) professor(a)? Mande uma mensagem para ele(a) aqui. As Cartografias também consistem neste espaço de trocas e compartilhamentos do que se produz na Rede Municipal de Educação carioca.