ACESSIBILIDADE:
Acessibilidade: Aumentar Fonte Acessibilidade: Retornar Fonte ao Tamanho Original Acessibilidade: Diminuir Fonte
Ícone do YouTube Ícone do Facebook Ícone do Instagram Ícone do Twitter Ícone do Tik Tok
Ícone Sanduíche para Navegação
Logotipo do Projeto Cartografias de Boas Práticas da Rede Navegue pelo mapa e conheça as diferentes ações escritas e promovidas por profissionais de toda a nossa Rede.
Logo Cartografias
Boas Práticas
Educação Infantil
Ser criança é meu Superpoder
Informações
Relato
Resultados Observados
UNIDADE DE ENSINO
CM Casa de Realengo - 8ª CRE
Rua Doutor Lessa 21s/n - Realengo
UNIDADE ESCOLAR VOCACIONADA
Unidade não vocacionada
AUTOR(ES)
Beatriz Helena Pereira Guimarães
Pedagoga formada pela UERJ em 2002, Professora de Educação Infantil da rede desde 2011, atuando como Diretora Adjunta nesta UE desde 2022. Buscou ressignificar a Prática Pedagógica quando se deparou com a dificuldade do corpo docente em lidar com as questões socioemocionais das crianças e com o desenvolvimento de práticas que estimulem as habilidades emocionais que perpassam por toda a infância.
CARGO/FUNÇÃO DO AUTOR
Diretor Adjunto
ANOS/GRUPAMENTOS ENVOLVIDOS
Berçário
Maternal I
Maternal II
Pré I
Pré II
OBJETIVOS
Dando ênfase ao protagonismo infantil e às práticas que desenvolvam habilidades socioemocionais nas crianças, buscamos construir afetos e pontes para o crescimento de uma sociedade mais dialógica. Além de aspectos cognitivos e motores, entendemos que os aspectos sociais e emocionais andam lado a lado com o desenvolvimento infantil. Sendo assim, através da ludicidade do mundo imaginário, encorajamos nossos alunos a serem protagonistas do "aumento" de seus próprios "superpoderes" de crianças: imaginar, brincar, contar histórias, cantar, produzir artes, conviver, partilhar, explorar, expressar-se e conhecer-se. O autoconhecimento, a valorização de sua identidade e reflexões acerca de suas "super-habilidades" (o que cada um faz de melhor) são questões que permeiam nossa prática durante todo o Projeto Ser Criança é meu superpoder.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO
Fevereiro/2023 até atualmente
PÁGINA(S) DA PRÁTICA/PROJETO NA INTERNET
O projeto está sendo desenvolvido entre educadores e crianças entre um e cinco anos de idade envolvendo a comunidade escolar com estratégias como: rodas de conversa diárias, leitura diversificada utilizando o acervo variado da Biblioteca da escola, Mostra de Artes, Exposições de trabalhos, produção de receitas super saudáveis, atividades conduzidas pelas professoras entre alunos e família, super-heróis do meio ambiente, entre outros. A equipe foi sensibilizada, antes de tudo, ao autoconhecimento, para que pudessem melhorar sua prática conhecendo sua "criança interior". Esse processo se deu através de um encontro onde as educadoras foram conduzidas a um exercício de respiração, relaxamento e alongamento que nos levou à reflexão de 1: precisamos conhecer nossos limites e respeitar nossa natureza; e 2: o autocuidado é importante para que possamos nos acolher e acolher ao outro. Ainda temos muitos planos e um longo caminho para percorrer: gestão dos pensamentos e emoções, consciência social, habilidades de relacionamento, tomada de decisões responsáveis, respeito à diversidade, entre outros. Nosso maior objetivo é que cada criança chegue ao final do ano letivo com mais "superpoderes" possíveis, daqueles que não podemos mensurar, mas que levamos guardados no coração e vira uma memória afetiva da vida escolar, que lembramos quando adultos com todo carinho e saudade.
O projeto, que nasceu pensando no desenvolvimento infantil, cresceu e tomou novas proporções quando envolvemos as professoras e a comunidade escolar nas questões socioemocionais. As crianças estão aprendendo a falar o que sentem, o que pensam, a sinalizar suas preferências e desejos, tornando-se, aos poucos, protagonistas de suas próprias histórias. Por outro lado, estão sendo ouvidas, respeitadas, acolhidas por quem elas próprias são, o que tem feito toda a diferença para este universo infantil. Está tendo um processo tão rico e sensível para todos, que é difícil mensurar tais mudanças. Aprendemos que o conhecimento gerado com as emoções fica registrado de maneira muito significativa, especialmente na primeira infância. Então sonhamos grande, desejando que nossas crianças preservem o melhor da infância e sejam melhores adultos.
Registros
Envie sua mensagem
E aí, professor(a)?

Gostou dessa ação, tem alguma sugestão ou quer tirar alguma dúvida com este(a) professor(a)? Mande uma mensagem para ele(a) aqui. As Cartografias também consistem neste espaço de trocas e compartilhamentos do que se produz na Rede Municipal de Educação carioca.