ACESSIBILIDADE:
Acessibilidade: Aumentar Fonte Acessibilidade: Retornar Fonte ao Tamanho Original Acessibilidade: Diminuir Fonte
Ícone do YouTube Ícone do Facebook Ícone do Instagram Ícone do Twitter Ícone do Tik Tok
Ícone Sanduíche para Navegação
Logotipo do Projeto Cartografias de Boas Práticas da Rede Navegue pelo mapa e conheça as diferentes ações escritas e promovidas por profissionais de toda a nossa Rede.
Boas Práticas
Midiaeducação | Práticas Extracurriculares
A importância de se preservar as árvores urbanas
Informações
Relato
Resultados Observados
UNIDADE DE ENSINO
EM Grécia - 4ª CRE
Av Bras de Pina 1614 - Braz de Pina
AUTOR(ES)
Lídia de Araújo Santos.
Formada em História e Geografia pela Universidade Federal Fluminense e pós-graduada em Fotografia pela Unigranrio. Faz parte do grupo de pesquisa Produção de Vídeo Estudantil do CNPq da Universidade Federal de Pelotas desde 2020. Atua no segundo segmento do ensino fundamental ministrando aulas de História desde 1995 e oficinas de Audiovisual Estudantil desde 2003, abordando memória e o cotidiano, dando ênfase ao protagonismo estudantil. Participa de festivais de audiovisual e em 2022 foi coordenadora da X Mostra Audiovisual Estudantil Joaquim Venâncio na categoria Ensino Fundamental.
CARGO/FUNÇÃO DO AUTOR
Professor I de História.
ANOS/GRUPAMENTOS ENVOLVIDOS
7º ano
8º ano
OBJETIVOS

O objetivo do trabalho sobre “A Importância de se preservar as árvores no meio Urbano - Cidade” é de levar os alunos a reconhecer a importância das árvores no seu cotidiano, percebendo os aspectos estéticos e biológicos exclusivos das plantas e seus benefícios para o meio ambiente. Abordamos sobre a diminuição da temperatura do ambiente, atuação como filtro natural, absorção de gás carbônico e liberação de oxigênio, o embelezamento das ruas e casas, absorção das águas das chuvas, redução da poluição sonora e preservação da biodiversidade no meio urbano. Para tal, foi dado ênfase às árvores do bairro onde os alunos residem.

Criando na comunidade escolar e nos seus responsáveis a consciência da necessidade de se preservar e plantar árvores no bairro. Assim, trabalhamos dentro do Projeto Político Pedagógico, "Qualidade de Vida", na nossa escola.

HABILIDADES
7º ano - Geografia - Compreender o desenvolvimento da urbanização, da rede urbana e a estruturação de uma hierarquia urbana no Brasil ao longo do tempo, refletindo sobre as consequências causadas pela industrialização e seus fatores locacionais.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO
Abril/2022 até atualmente
PÁGINA(S) DA PRÁTICA/PROJETO NA INTERNET

O desenvolvimento do trabalho se deu em seis etapas: aulas teóricas com textos pesquisados na internet https://istoe.com.br/fao-pede-investimento-em-florestas-urbanas-contra-a-poluicao/ para abordar a problemática que envolve a preservação da Floresta Amazônica, levando o aluno a pensar que, bem perto de nós, também podemos estender essa preocupação com campanhas para a preservação das florestas urbanas; em seguida a pesquisa dos alunos no bairro e em suas ruas sobre árvores existentes (localização, histórias que envolvessem a árvore pesquisada); elaboração de cartaz com os dados recolhidos; apresentação em sala de aula; palestra sobre bioética, meio-ambiente e as epidemias com o Dr. Aguinaldo, chefe da Pneumologia do Hospital Universitário Pedro Ernesto; e orientações pela senhora Cila, do Grupo Vista-Alegre Verde, que planta mudas de árvores no bairro, que indicou vídeos, de seu acervo no Youtube, de ações sobre plantios de muda no bairro para consulta dos alunos.

Trabalhando com audiovisual nas aulas de História, os alunos realizaram vídeos com os dados pesquisados. Resultou em questionamentos a respeito da maior arborização da Zona Sul da Cidade do Rio de Janeiro em relação à Zona Norte, despertando um olhar mais cuidadoso dos estudantes sobre o meio urbano. Além disso, levou eles a se conscientizarem que, a partir de suas ações e reivindicações, é possível transformar o espaço onde vivem.

Após as apresentações em sala de aula, os alunos submeteram seus vídeos a participação de seleções de Mostras audiovisual. Onde foram selecionados para a 10ª Mostra Audiovisual Estudantil Joaquim Venâncio, Na II Conferência Municipal Infantojuvenil Pelo Meio Ambiente -etapa Municipal e na Mostra Arquivo do Amanhã- Arquivo Nacional.

Podemos observar que a comunidade escolar abraçou o projeto trazendo contribuições como falas da aplicabilidade do que foi trabalhado em sala de aula. Houve relatos de alunos que interferiram em podas de árvores na sua comunidade utilizando o que foi aprendido. O projeto deu certo a ponto de os alunos continuarem a trazer histórias e a perguntarem sobre a continuidade dele, se interessando novamente pela horta da escola que, atualmente, está desativada. Os responsáveis, assim como a comunidade escolar, aprovaram a iniciativa da escola em trabalhar tais questões importantes para a sociedade como um todo. O Projeto Político Pedagógico da escola, "Qualidade de Vida", favorece novas ações voltadas para o tema de meio ambiente e sustentabilidade.
Registros
Envie sua mensagem
E aí, professor(a)?

Gostou dessa ação, tem alguma sugestão ou quer tirar alguma dúvida com este(a) professor(a)? Mande uma mensagem para ele(a) aqui. As Cartografias também consistem neste espaço de trocas e compartilhamentos do que se produz na Rede Municipal de Educação carioca.