ACESSIBILIDADE:
Acessibilidade: Aumentar Fonte Acessibilidade: Retornar Fonte ao Tamanho Original Acessibilidade: Diminuir Fonte
Ícone do YouTube Ícone do Facebook Ícone do Instagram Ícone do Twitter Ícone do Tik Tok
Ícone Sanduíche para Navegação
Logotipo do Projeto Cartografias de Boas Práticas da Rede Navegue pelo mapa e conheça as diferentes ações escritas e promovidas por profissionais de toda a nossa Rede.
Boas Práticas
Educação de Jovens e Adultos
Corrida Eleitoral 2022!!
Informações
Sequência Didática
Resultados Observados
UNIDADE DE ENSINO
EM Frederico Trotta - 7ª CRE
Avenida Professor Fausto Moreira 200 Condomínio Barrasul - Barra da Tijuca
AUTOR(ES)
José Roberto Calçada Carvalho
No campo da educação física, a escola foi o caminho preferencial. Neste sentido, após o meu ingresso na SME em 1986, cursei igualmente o primeiro período de pedagogia na UFRJ em 1991; em seguida a disciplina isolada do Mestrado em Educação: "Educação e Saúde no Espaço Escolar"; também em 1991 e depois a disciplina isolada do Doutorado em Educação Brasileira: "Processos Decisórios em Sistemas Educacionais" em 1992. Ambas disciplinas na mesma UFRJ.
Em um estudo mais específico, conclui em 2000 a minha Especialização em Educação Física Escolar junto à UFF.
Como tive do mesmo modo a alegria e a honra de trabalhar no Ensino Especial entre 1996 e 2014, cursei o Mestrado em Atividades Físicas Adaptadas na Bélgica e na República Checa nos anos de 2005 e 2006. Do mesmo modo venho implementando o trabalho voluntário, endereço a seguir, desde 1997 https://www.facebook.com/profile.php?id=100057337996291
E buscando novos "voos" surgiu o PEJA na EM Frederico Trotta a partir de 2017.
CARGO/FUNÇÃO DO AUTOR
Professor I Educação Física.
EJA/Bloco
EJA I Bloco 1 , EJA I Bloco 2 , EJA II Bloco 1 e EJA II Bloco 2
COMPONENTE CURRICULAR
EDUCAÇÃO FÍSICA / Desenvolver a integração e a inserção de todos os alunos nas práticas corporais adotando atitudes de respeito mútuo, dignidade e solidariedade.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO
Agosto/2022 até Outubro/2022
Sensibilização/Contextualização para o tema

Quando fui trabalhar na EM Frederico Trotta em 2017, tive a grata surpresa de encontrar uma equipe docente e gestora predispostas ao trabalho interdisciplinar. Além do mais, o trabalho interdisciplinar é um campo ainda pouco aproveitado pela educação física.

Já havíamos feito a primeira "Corrida Eleitoral" em 2018, quando da eleição presidencial.

Contudo, é importante que se coloque que tanto em 2018 quanto este ano, a "corrida" não baseou-se no candidato "A" x "B", e sim juntos, os alunos desvendaram pistas que os levaram a chegar à outras escolas, espaços religiosos, áreas públicas e de lazer nos arredores da escola.

Felizmente, o evento foi um sucesso e quando das eleições presidenciais deste ano ocorreu-me realizar a "Corrida Eleitoral" novamente, com algumas melhorias evidentemente.

E aproveitando o dia "12" de dezembro, quando da diplomação do novo Presidente da República para um mandato de 2023 a 2026, motivei-me a compartilhar esta experiência exitosa com outros educadores.

Problematização

Como mencionei anteriormente, o envolvimento da educação física em trabalhos interdisciplinares é ainda bem incipiente como observo. Deste modo desenvolver ações no campo interdisciplinar enriquece a área da educação física e dos esportes, onde estes vão muito além do ganhar e do perder.

Soma-se a isto, o senso comum equivocado, onde o conceito de democracia é entendido necessariamente como uma competição expressa pelo voto. E não é.

Democracia é sinônimo de liberdade e participação popular, onde além da competição, e como opção, podem haver igualmente consensos e cooperação.

Não foi por acaso que tanto na "Corrida Eleitoral" de 2018 quanto na deste ano, os alunos formaram uma equipe única, ajudaram-se, de maneira a completarem a tarefa em conjunto.

Competição sem o saudável contraponto da cooperação, exacerba o "Eu" e secundariza o "Nós". Individualidade sem o equilíbrio da coletividade, gera egoísmo e solapa a solidariedade.

Texto base

Por uma questão de coerência digamos, já que realizei a “Corrida Eleitoral” em 2018, a implementei novamente no ano de 2022, mais precisamente a partir do dia 25 de agosto; com algumas diferenças em relação à 2018, e término no dia 13 de outubro.

As experiências exitosas do "Peja na Rússia" em 2018 - e lamento e condeno veementemente esta invasão absurda e covarde da Rússia sobre a Ucrânia no ano em curso - a "própria Corrida Eleitoral em 2018", o "Futebol da Matemática" em 2019, o "Intercâmbio Sócio Esportivo" também em 2019 e a atividade interdisciplinar envolvendo a educação física, o inglês e a música em julho do corrente ano, motivaram-me mais uma vez a realizar uma nova ação interdisciplinar.

E como a educação deve ir "além muros" da escola, as Eleições Presidenciais (a Corrida Eleitoral) veio a enriquecer a educação física do PEJA na EM Frederico Trotta.

Desenvolvimento

Antes de entrar propriamente na “Corrida Eleitoral”, é importante colocar que foi conversado previamente com os alunos sobre a abrangência desta ação, que vai muito além da saudável atividade física, explicando também a questão interdisciplinar com a educação física. Os pontos de checagem das pistas a serem desvendadas, que envolveram uma escola pública e outra particular, suscitando uma boa discussão sobre o tema educação pública e privada. Uma igreja, levando-nos a pensar e conversar sobre a religiosidade, o respeito pelas diversas formas de compreensão quanto à Transcendência e o exercício da bondade. As áreas públicas no entorno da escola, a importância delas, inclusive como opção às nossas aulas de educação física e por aí vai.

Quanto à corrida/caminhada especificamente, além das pistas a seguir, duas como exemplo, os alunos também tiveram mapas à disposição para se orientarem até os locais, tipo uma “Corrida de Orientação”. Um avanço em relação a “Corrida Eleitoral” de 2018.

A seguir as pistas:

1) “Ao deixarmos a escola, dobrando à esquerda, avançamos até uma área verde onde também realizamos as nossas atividades físicas.”

2) “Partindo desta área verde, tiramos uma linha reta até chegarmos a um local onde muitas pessoas professam a fé religiosa. Inclusive conseguimos ver diversas cruzes, lá da nossa quadra de esportes.”.

Uma foto era enviada pro meu celular de modo a comprovar a passagem do grupo de alunos por cada ponto de checagem.

Ao final da "Corrida Eleitoral", além de uma breve confraternização, o grupo de alunos foi presenteado com um troféu, onde este ficou de posse de cada participante por três dias, em sistema de rodízio, e ao final foi deixado em definitivo, junto com outros troféus na sala da direção.

A Direção da escola fez algumas considerações sobre mais uma atividade interdisciplinar, muito feliz pelo êxito da mesma, encerrando assim a "Corrida Eleitoral 2022".

Produto Final

Não seria bem “um produto final”, digamos, mas uma continuidade do processo de desenvolvimento da educação física no campo interdisciplinar, e uma crescente compreensão por parte dos alunos que esta vai muito além do ganhar e do perder.

Desde 2018 através do “Peja na Rússia”, indo além do futebol, passando pela geografia daquele colossal país e sua história que vem muito antes do período da ex-URSS.... do “Intercâmbio Sócio Esportivo” em 2019, que proporcionou que alunos de escolas públicas e particulares convivessem, predispondo o surgimento de laços de amizade, mesmo que tênues...a “Corrida Eleitoral 2022” ratificou a importância da educação física no contexto interdisciplinar. Na interseção da corrida/caminhada (Educação Física) com o entorno da escola, com suas igrejas (a Religiosidade), um outro modelo de unidade de ensino (Escola Pública/Particular), as praças públicas como opção de lazer (o bom uso do dinheiro Público)...,ampliaram a visão quanto à educação física.

Honestamente, gostaria de ter passado uma avaliação, uma redação, algum trabalho sobre a “Corrida Eleitoral 2022”, de modo que eu pudesse ter com mais clareza, se os alunos conseguiram ou não compreender o conceito das eleições, não como a obrigatoriedade da competição do candidato “A” x “B”. E sim e como alternativa, a união de todos a fim de superarmos “através da caminhada/corrida, os obstáculos” na área da saúde, educação, respeito à diversidade religiosa,...

No entanto, mesmo sem algo material por meio do qual eu pudesse “provar” o entendimento do aluno, em conversas informais com os participantes das etapas da “Corrida Eleitoral 2022” observei um feedback positivo com mais este evento interdisciplinar.

Acrescento também que as fotos que tiramos no transcorrer da prática, os alunos transpareceram, que esta ação teve um real significado não somente quanto ao aspecto lúdico, mas igualmente no tocante à importância de vencermos problemas comuns e não necessariamente uns aos outros.

Registros
IMAGENS
Envie sua mensagem
E aí, professor(a)?

Gostou dessa ação, tem alguma sugestão ou quer tirar alguma dúvida com este(a) professor(a)? Mande uma mensagem para ele(a) aqui. As Cartografias também consistem neste espaço de trocas e compartilhamentos do que se produz na Rede Municipal de Educação carioca.