ACESSIBILIDADE:
Acessibilidade: Aumentar Fonte Acessibilidade: Retornar Fonte ao Tamanho Original Acessibilidade: Diminuir Fonte
Ícone do YouTube Ícone do Facebook Ícone do Instagram Ícone do Twitter Ícone do Tik Tok
Ícone Sanduíche para Navegação
Logotipo do Projeto Cartografias de Boas Práticas da Rede Navegue pelo mapa e conheça as diferentes ações escritas e promovidas por profissionais de toda a nossa Rede.
Boas Práticas
Práticas Extracurriculares
Hortas na Escola
Informações
Relato
Resultados Observados
UNIDADE DE ENSINO
EM Joaquim Nabuco - 2ª CRE
Rua Dona Mariana 148 - Botafogo
UNIDADE ESCOLAR VOCACIONADA
Ginásio Educacional Tecnológico - GET
AUTOR(ES)
Magno Silveira Scramignon
Possuo especialização em Psicomotricidade, licenciatura e e Bacharelado em Educação Física também pelo Professor de Educação Física na rede, desenvolvo o projeto de horta na escola Municipal Joaquim Nabuco no bairro de Botafogo.
CARGO/FUNÇÃO DO AUTOR
Professor de Educação Física
ANOS/GRUPAMENTOS ENVOLVIDOS
6º ano
7º ano
8º ano
9º ano
OBJETIVOS

Conscientizar alunos a respeito da preservação de recursos ambientais para a produção sustentável de alimentos através da discussão e prática real no dia a dia na horta escolar. Estamos fazendo o plantio e cultivo de hortaliças e plantas frutíferas. Também participam do projeto além dos alunos, professores e pesquisadores.

Incentivamos o consumo de produtos de altos valores nutritivos, as hortaliças produzidas pelos próprios alunos.

Atualmente está sendo um sucesso na escola, os alunos plantam, cultivam e cuidam da horta. Há uma cozinha e mesmo um laboratório para que tudo seja experimentado pelos alunos em todos os momentos do conhecimento.

HABILIDADES
8º ano - Ciências - Reconhecer que a estrela Sol é a principal fonte de energia (luz e calor) para o planeta Terra, sendo fundamental no equilíbrio termodinâmico que mantém a vida no planeta.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO
Maio/2022 até Maio/2024
PÁGINA(S) DA PRÁTICA/PROJETO NA INTERNET
O isolamento social foi uma das principais medidas adotadas a partir de março/2020, em todos os países do mundo como forma de contenção da disseminação do vírus SARS-CoV-2. Aliado a todo o transtorno da pandemia, o mundo foi acometido pelo negacionismo. O isolamento social afetou negativamente o padrão alimentar dos jovens. Estes acontecimentos destacam a necessidade de iniciar a construção da educação científica nos primeiros anos escolares, empregando novas experiências e atividades práticas, consideradas como molas propulsoras para a aprendizagem. O tema alimentação e nutrição pode ser empregado de forma flexível com abordagem das diferentes áreas do conhecimento presentes nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). A horta e a cozinha experimental têm sido utilizadas como ambientes educadores em escolas públicas e particulares. O laboratório de ciências é mais incentivado no ensino médio do que no ensino fundamental. Segundo o INEP, somente 44% das escolas públicas possuem laboratório de ciências. A implementação da horta, cozinha experimental e laboratório de ciências no ensino fundamental II, tomando como tema base a alimentação e nutrição, nos parece uma boa estratégia para promover a iniciação científica, auxiliar no ensino-aprendizado e estimular a alimentação saudável. Em virtude da multiplicidade de fatores que interferem na qualidade do sistema educacional no Brasil, iniciativas que promovam parcerias entre as distintas instâncias governamentais, universidades e instituições de pesquisa, além de novas estratégias empregadas no processo de ensino-aprendizagem, se tornam essenciais.
O presente projeto objetiva implementar uma horta escolar, cozinha experimental e laboratório de ciências, promovendo o contato com o método científico e com os conhecimentos sobre alimentação saudável. Ao final, esperamos que os estudantes se tornem multiplicadores de informações seguras sobre alimentação saudável e seus benefícios à saúde, baseados em evidências científicas.O presente projeto objetiva implementar uma horta escolar, cozinha experimental e laboratório de ciências, promovendo o contato com o método científico e com os conhecimentos sobre alimentação saudável. Ao final, esperamos que os estudantes se tornem multiplicadores de informações seguras sobre alimentação saudável e seus benefícios à saúde, baseados em evidências científicas.
Registros
IMAGENS
Envie sua mensagem
E aí, professor(a)?

Gostou dessa ação, tem alguma sugestão ou quer tirar alguma dúvida com este(a) professor(a)? Mande uma mensagem para ele(a) aqui. As Cartografias também consistem neste espaço de trocas e compartilhamentos do que se produz na Rede Municipal de Educação carioca.