ACESSIBILIDADE:
Acessibilidade: Aumentar Fonte Acessibilidade: Retornar Fonte ao Tamanho Original Acessibilidade: Diminuir Fonte
Ícone do YouTube Ícone do Facebook Ícone do Instagram Ícone do Twitter Ícone do Tik Tok
Ícone Sanduíche para Navegação
Logotipo do Projeto Cartografias de Boas Práticas da Rede Navegue pelo mapa e conheça as diferentes ações escritas e promovidas por profissionais de toda a nossa Rede.
Boas Práticas
Midiaeducação
'Jornal Emot'
Informações
Relato
Resultados Observados
UNIDADE DE ENSINO
EM Oswaldo Teixeira - 5ª CRE
Rua Milão 95 - Quintino Bocaiúva
AUTOR(ES)
Mariane Sousa Pinto e Andréa Liguori

Mariane é formada em Pedagogia e mestre em Educação na linha de História da Educação. Trabalha como professora dos Anos Iniciais na rede municipal do Rio e é coordenadora pedagógica na E.M. Oswaldo Teixeira (5ª CRE), em Quintino, unidade da qual já foi aluna.

Andréa é formada em Pedagogia e pós-graduada em Psicopedagogia. Atua como professora dos Anos Iniciais na rede municipal do Rio desde 2012. É apaixonada pela profissão, acredita no potencial das crianças e defende uma educação pública de qualidade.
CARGO/FUNÇÃO DO AUTOR
Coordenadora Pedagógica/PEF Anos Iniciais
ANOS/GRUPAMENTOS ENVOLVIDOS
Educação Infantil
1º ano
2º ano
3º ano
4º ano,
OBJETIVOS

O objetivo maior do Jornal Emot é dar visibilidade tanto a práticas e ações da escola e da rede municipal do Rio como a discussões pertinentes travadas no âmbito social e cultural através do investimento na participação e protagonismo dos alunos.

Os objetivos específicos do Jornal são:

  1. divulgar e noticiar eventos e projetos da escola;
  2. acompanhar e noticiar as atividades dos projetos esportivos da UE;
  3. noticiar as atividades do Clube de Leitura da unidade, de forma a promover práticas de leitura diversas no âmbito da comunidade escolar;
  4. acompanhar o cotidiano escolar, divulgando boas práticas e noticiando desejos/reivindicações de alunos e professores; além de
  5. acompanhar o processo permanente de busca ativa, incentivando a frequência dos alunos.

HABILIDADES
1º ano - Língua Portuguesa - Expor, oralmente, ideias a respeito dos fatos, relatos e narrativas ouvidas.
1º ano - Língua Portuguesa - Produzir textos, individual e coletivamente, com uma sequência lógico-temporal (início, meio, fim).
8º ano - Língua Portuguesa - Argumentar com coerência na defesa de opinião sobre assuntos significativos.
8º ano - Língua Portuguesa - Distinguir um fato de uma opinião
8º ano - Língua Portuguesa - Participar de debates e exposições orais, formulando perguntas coerentes com relação ao assunto abordado
8º ano - Língua Portuguesa - Participar de situações de interação oral com desenvoltura e autonomia.
8º ano - Língua Portuguesa - Utilizar a linguagem adequada à situação de interação, reconhecendo os contextos de uso dos diferentes registros e respeitando a variante de seus interlocutores.
9º ano - Língua Portuguesa - Produzir textos, individual e coletivamente, com uma sequência lógico-temporal (início, meio e fim; presente, passado, futuro).
9º ano - Língua Portuguesa - Realizar processo de revisão de textos, verificando a adequação ao leitor e aos objetivos da comunicação.
Educação Infantil - Sala de Leitura - Expressar-se durante a contação de histórias, brincadeiras e na participação de atividades culturais.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO
Agosto/2022 até atualmente
PÁGINA(S) DA PRÁTICA/PROJETO NA INTERNET
PROJETO PARTICIPANTE:

O Jornal Emot faz parte de um movimento de renovação nas práticas pedagógicas na E.M. Oswaldo Teixeira. Embora já fosse rotina ali o registro das atividades da escola no Instagram, não existia ainda um movimento jornalístico consolidado internamente.

No início de agosto, o Projeto Jornal Emot ganhou forma a partir do sonho de Marina Bernardo, uma aluna do 1º ano que desejava apresentar um programa de TV. Depois de um vídeo de divulgação do projeto, alunos das turmas de Educação Infantil, Anos Iniciais e Anos Finais passaram a integrar a iniciativa.

Sob a orientação e supervisão das professoras Mariane e Andréa, esses alunos se dividiram em grupos de produção, roteiro, apresentação e reportagem. Construíram coletivamente as pautas das matérias, elaboraram as perguntas das entrevistas, sugeriram nomes para os convidados e pensaram na organização da filmagem. É bem verdade que o trabalho de filmagem e edição ainda é feito pelas duas professoras. Mas os alunos já participam desses processos para que possam, mais tarde, se incumbir dessas etapas.

O Jornal é um espaço de construção de conhecimento, onde os alunos constroem as notícias, pensam a linguagem, o gestual e as características de um jornal audiovisual. O fato de trabalhar com linguagem audiovisual também contribui para o uso crítico, criativo e ético das tecnologias da informação.

Individualmente, a prática da produção do Jornal tem sido interessante do ponto de vista do autoconhecimento e percepção dos alunos sobre suas potencialidades e talentos. Coletivamente, eles aprendem a dialogar, a dar suas opiniões, a lidar com a opinião dos outros e a valorizar as ideias do grupo.

Observamos também que o Jornal tem contribuído para a construção da identidade das crianças e dos adolescentes, assim como para o alargamento do vínculo com a escola e com os colegas que compõem a equipe. Tratando-se da identidade da Unidade Escolar, o Jornal Emot tornou-se símbolo das práticas protagonizadas por seus alunos e alunas.

Registros
IMAGENS
Parte da equipe do Jornal EMOT em cobertura sobre a Prova Rio
Apresentadora Marina Bernardo e repórter Yasmim Herculano no lançamento do Projeto ANDAR
Parte da equipe do Jornal EMOT na cobertura da ação da 5ª CRE de Busca Ativa Escolar
Apresentadora Marina Bernardo na cobertura externa dos Olimpíadas Especiais
Apresentadora Marina Bernardo em cobertura externa no Parque Madureira
VÍDEOS
PDFs
Envie sua mensagem
E aí, professor(a)?

Gostou dessa ação, tem alguma sugestão ou quer tirar alguma dúvida com este(a) professor(a)? Mande uma mensagem para ele(a) aqui. As Cartografias também consistem neste espaço de trocas e compartilhamentos do que se produz na Rede Municipal de Educação carioca.