ACESSIBILIDADE:
Acessibilidade: Aumentar Fonte Acessibilidade: Retornar Fonte ao Tamanho Original Acessibilidade: Diminuir Fonte
Ícone do YouTube Ícone do Facebook Ícone do Instagram Ícone do Twitter Ícone do Tik Tok
Ícone Sanduíche para Navegação
Logotipo do Projeto Cartografias de Boas Práticas da Rede Navegue pelo mapa e conheça as diferentes ações escritas e promovidas por profissionais de toda a nossa Rede.
Logo Cartografias
Boas Práticas
Alfabetização e Letramento
De palavra em palavra, construindo o saber
Informações
Relato
Considerações Finais
UNIDADE DE ENSINO
EM Frei Cassiano - 2ª CRE
Rua Joaquim Pizarro 500 - Tijuca
AUTOR(ES)
Ana Cláudia Ribas Pegorim
Olá. Meu nome é Ana Cláudia. Sou professora II da rede municipal do Rio desde 1999 e lecionei quase todo esse tempo em turmas de Educação Infantil. Tenho também uma segunda matrícula de professora de Educação Infantil desde 2014.

Depois da minha primeira turma, alfabetizar, para mim, se transformou em paixão. Desde então, meu trabalho objetivou esse processo, mesmo em turmas de Educação Infantil, quando o foco era prepará-las, de forma lúdica, para o caminho do mundo letrado.

Minha formação acadêmica é em Psicologia, com pós-graduação lato sensu em Psicopedagogia. Como psicóloga, tenho formação em Gestalt Terapia e atuei durante alguns anos em consultório particular

Na rede particular, atuei pouco como professora e mais como coordenadora pedagógica. Hoje, as salas de aula são minha principal atividade. Atuo em uma turma de 3º ano e em outra de Educação Infantil.
CARGO/FUNÇÃO DO AUTOR
Professor II
ANOS/GRUPAMENTOS ENVOLVIDOS
1101
OBJETIVOS
  • Compreender a relação fonema/grafema na formação de palavras escritas, avançando no processo de desenvolvimento da leitura e escrita.
ANOS DE ESCOLARIDADE
1º ano
HABILIDADES
1º ano - Língua Portuguesa - Antecipar o assunto de um texto com base no título, subtítulo e imagem.
1º ano - Língua Portuguesa - Escrever o próprio nome como referência para ler e registrar outras palavras.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO
Fevereiro/2021 até atualmente

Alfabetização para mim é ver olhos brilhando pela descoberta do poder de ler e escrever. É vibrar a cada nova palavra lida e escrita e ter a certeza de estar transformando vidas.

Com a pandemia, minha turma foi dividida em dois grupos. E fiquei com um número reduzido de alunos, o que me permitiu dar mais atenção individual a cada grupo e perceber suas dificuldades.

Eram dois grupos presentes e comprometidos, que cumpriam em casa as tarefas nas semanas em que não estavam na escola. Assim, o desenvolvimento e crescimento desses alunos se deu de forma fluida e um brilho de descoberta logo, logo despontou naqueles olhares.

A prática aconteceu durante todo o ano e a cada letra apresentada criávamos um vocabulário com palavras do repertório dos alunos. Esse vocabulário foi se ampliando pelo conhecimento prévio que cada grupo tinha de outras letras e palavras.

Eu desenhava objetos, animais e alimentos sempre familiares às crianças e relacionados ao contexto da aula, levando-as a descobrir o que estava sendo desenhado, levando-as a pensar e a interagir com a escrita, fosse soletrando, fosse silabando ou correlacionando fonema/grafema à compreensão e à interpretação na construção da aprendizagem. A partir daí, outras atividades foram surgindo para fixar o conhecimento.

As crianças começaram a se aventurar a escrever novas palavras com as letras que já conheciam. Como recurso, utilizei autoditado – tanto de palavras para desenhar como de desenhos para legendar –, cruzadinhas, caça-palavras e enigmas, entre outros. Com o passar do tempo, começamos a escrever frases seguindo o mesmo processo: desenhos de cenas para formar frases ou frases para desenhar cenas.

Havia muita atividade lúdica como bingo de letras, de sílabas, de palavras; competições de quem lia primeiro, de quem encontrava a palavra escondida na sala... A interação, participação e envolvimento dos alunos no seu processo de construção e desenvolvimento da aprendizagem auxiliaram a tomada de consciência desse processo vivo e significativo.

Seguimos construindo uma teia de significados: assistimos a filmes, criamos textos coletivos recontando os filmes e assim o dia a dia foi sendo bastante criativo e enriquecedor.

Fiquei bastante satisfeita com o trabalho realizado. Sabia que tinham atingido o objetivo esperado.

Para concluir, ressalto o quanto foi valioso e significativo o trabalho desenvolvido com esta turma. O envolvimento afetivo que surgiu entre nós foi fundamental para que as crianças fossem desenvolvendo autoestima e segurança em seu aprendizado. Todo o processo foi uma linda construção que culminou com o sucesso do nosso trabalho!
Registros
Envie sua mensagem
E aí, professor(a)?

Gostou dessa ação, tem alguma sugestão ou quer tirar alguma dúvida com este(a) professor(a)? Mande uma mensagem para ele(a) aqui. As Cartografias também consistem neste espaço de trocas e compartilhamentos do que se produz na Rede Municipal de Educação carioca.