Da série
MCE Reportagens
16 Abril 2020
0
0
0
s2sdefault
 
Sonia Travassos é uma das escritoras que gravou para o canal da Sala de Leitura da SME no YouTube

São três dias dedicados a celebrar o livro em abril: o dia 2,em homenagem a Hans Christian Andersen, é internacionalmente conhecido como sendo do livro infantil. Já no dia 18, o livro é celebrado, em âmbito nacional, devido à data de nascimento de Monteiro Lobato. No fim do mês, dia 23, é o Dia Mundial do Livro e dos Direitos do Autor, em homenagem a dois escritores clássicos, William Shakeaspeare e Miguel de Cervantes.

Abril de 2020, no entanto, tem uma característica em especial: o livro em plataforma digital está se revelando o meio pelo qual podemos acessar publicações que não estão em nossa casa – em grande quantidade, diversidade e gratuitamente. "O principal é conquistar os jovens para a leitura. Há diferentes linguagens e suportes para conseguir essa finalidade", explica Carla Celestino, responsável pela Gerência de Leitura da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro (SME).

Carla Celestino conta que a SME estabeleceu o uso das mídias sociais para manter o vínculo com alunos e professores e oferecer material de qualidade durante o período de isolamento social. O acesso é livre, mesmo para quem é de fora da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio de Janeiro. Basta acessar SME Carioca 2020. Na página, entre em Sala de Leitura. Há três opções disponíveis: Leituras Cariocas (autores leem seus livros e, posteriormente, há sugestões de atividades relacionadas à leitura, como confecção de origami); Livros para Leitura Livre (livros infantis na íntegra, com ilustrações); e o canal da Sala de Leitura no YouTube (diversos materiais em formato audiovisual), que conta com 1.100 inscritos e 9 mil visualizações. "Professores estão usando o material para interagir com seus alunos. A proposta é essa: manter o laço e a afetividade mesmo a distância", explica Carla.

Elizabeth Serra, secretária geral da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), também vê o digital de forma positiva na aquisição do hábito de leitura. "Não tem como ignorar o meio digital. Penso que acontecerá um pouco como foi com o advento da TV, não substituirá o formato livro em papel, mas, com certeza, agrega e, sobretudo, alcança os jovens".

A MultiRio também oferece diversos tipos de e-books, como a série infantil Que Medo!; A Arte dos Contos, que reúne a produção de professores da Rede; e Curiosos por Natureza, com informações sobre a geografia da cidade do Rio de Janeiro.

Ações no Dia Nacional do Livro Infantil

Dia 18 de abril será comemorado com diversas ações no aplicativo SME Carioca 2020: na sessão de leitura livre serão disponibilizados livros de Monteiro Lobato, como Reinações de Narizinho; o canal da sala de leitura no YouTube terá vídeos com Ricardo Monteiro Lobato, bisneto do autor, e com o ex-aluno da Rede e escritor, Henrique Rodrigues. Henrique dá nome a duas salas de leitura na Rede Pública Municipal de Ensino do Rio e falará como a literatura influenciou positivamente sua vida.

Outros sites de livros digitais gratuitos no Brasil e em Portugal

Além da iniciativa da SME, há outras relacionadas à digitalização de livros de qualidade na internet. O Kidsbook oferece gratuitamente dez títulos de autores brasileiros, entre eles, músicos como Zeca Baleiro e Fernanda Takai, e escritores que já estão há mais tempo nessa área, como Conceição Evaristo e Luis Fernando Verissimo. Os livros têm efeitos sonoros e há vídeos dos autores falando sobre o livro e a leitura.

O site Kidsbook oferece gratuitamente diversos títulos com recursos de áudio, como A Menina das Estrelas, escrito por Tulipa Ruiz e ilustrado por Laurent Cardon

O Laboratório de Educação é uma organização não governamental que busca sensibilizar os adultos sobre o seu papel no processo de aprendizagem das crianças, oferecendo meios para promover interações significativas dentro e fora da escola.O projeto é uma parceria com um grupo de estudos liderado pela professora espanhola Ana Teberosky, da Universidade de Barcelona.

O site Domínio Público reúne diversas obras literárias, entre. as quais destacam-se a obra completa de Machado de Assis e poesias de Fernando Pessoa.

Fora do Brasil, mas ao alcance de um clique, o site português Ler + possui uma sessão de livros digitais com várias sugestões de portais que disponibilizam livros gratuitamente. É possível acessar obras como 1984, de George Orwell, As Aventuras de Sherlock Holmes, de Arthur Conan Doyle, e As aventuras de Tom Sawyer, de Mark Twain, por exemplo. O Ler + foi criado no contexto do Plano nacional de leitura de Portugal, reunindo as principais ações e estratégias para formar leitores e incentivar a leitura naquele país.

O ir e vir está restrito, por ora, mas a mente é livre. Que tal aproveitar a iniciativa de educadores, bibliotecários, autores e instituições ligadas ao livro e à leitura e viajar com as obras de qualidade? Afinal, como ressaltou Elizabeth Serra, da FNLIJ, "a leitura do livro infantil é a base da educação, da formação cultural da sociedade letrada. O enriquecimento cultural vem pelos livros". Boa diversão!

 
Mídias Relacionadas
MCE Reportagens
Mais da Série
Relacionados
Mais Recentes