Ordenar por + filtros

topo coletanea abolicao

Abolição da Escravatura

No dia 13 de maio de 1888, a chamada Lei Áurea consagrou juridicamente a Abolição da Escravatura no Brasil, beneficiando cerca de 700 mil escravos que compunham a população do país, estimada em 15 milhões de habitantes. Entretanto, a Abolição não resolveu questões fundamentais para proporcionar a real integração dos recém-libertos na sociedade brasileira. Confira, nesta coletânea, textos, áudios e vídeos que procuram refletir sobre os avanços e retrocessos da luta pela inclusão da população negra nos espaços de cidadania.
 
No episódio Combatendo o preconceito com conhecimento, apresentamos o projeto Qual É a Graça, do professor de Ciências Luiz Henrique de Melo Rosa, da E.M. Herbert Moses, no Jardim América (4ª CRE). Questões ligadas ao preconceito e à escravidão, além da importância dos heróis afro-brasileiros para a construção da identidade nacional, são discutidas em um jardim temático que ele criou na escola.
Selecionamos dois episódios da série No Compasso da História, documentários musicais idealizados e apresentados por Joyce Moreno e que contam a história política, econômica e social do Brasil. Em Raízes africanas – Capoeira, mungunzá e valentia, mostramos a história dos negros no Brasil e sua influência cultural, a formação dos quilombos e a luta pela liberdade. Já em O Segundo Reinado, abordamos o período de D. Pedro II como imperador do Brasil, a Guerra do Paraguai e a Abolição da Escravatura.
O episódio A Revolta da Chibata, da série O Mochileiro do Futuro, retrata a manifestação, em 1910, de marinheiros, em grande parte negros, contra as péssimas condições de trabalho e os castigos físicos, que incluíam chibatadas. O grupo era liderado por João Cândido, conhecido como “o almirante negro”. 
Da série Conceito & Ação, que promove a reflexão sobre as grandes questões da educação cidadã nos tempos atuais, apresentamos dois episódios: O ensino de temas afro-brasileiros, que aborda o ensino da história e das culturas africana e afro-brasileira. Já A importância das culturas africanas traz uma entrevista com o diplomata, historiador e poeta Alberto da Costa e Silva sobre a história da África, sua cultura, os povos africanos que vieram para o Brasil e sua influência na formação do nosso país. 
O vídeo Libertação dos Escravos – E.M. Victor Hugo registra a peça Libertação dos Escravos, encenada pelos alunos dessa unidade escolar localizada no bairro do Anil, 7ª CRE. 
Em 11 episódios, a série apresenta a biografia de personalidades negras como José do Patrocínio, Chiquinha Gonzaga e Machado de Assis, cujas vidas e obras estão ligadas à história da cidade do Rio de Janeiro. 
Em dez textos, esta série de reportagens conta a histórias das matrizes negras do Rio e a formação cultural da cidade. 
REPORTAGENS
Outras reportagens compõem um panorama da influência africana na cultura carioca. Da série Heróis e Heroínas do Rio, o texto A alma nobre do abolicionista José do Patrocínio explora a vida do jornalista, peça-chave na extinção da escravatura, enquanto André Rebouças, engenheiro e educador apresenta a preocupação de Rebouças com as questões abolicionistas.
Página 1 de 2   1 2